segunda-feira, 31 de maio de 2010

Léxico

"Léxico", este substantivo masculino é todo o conjunto de palavras que as pessoas que usam uma determinada língua têm à sua disposição para se expressar, oralmente ou por escrito, é como dizer: Dicionário. Esta definição como hoje a conhecemos, teve muitas transformações ao longo dos anos, assim como a sua origem e derivação, nos é de todo desconhecida. Por isso aqui vai uma pequena fábula completamente inventada e que nada, mas nada tem a ver com a realidade!

Dizem as más línguas que foi a mulher que inventou a linguagem (léxico), quiçá, para falar de penteados ou da novela da noite anterior. Não terá sido bem assim. Vejamos:

Léxico, jovem romano de 17 anos, já considerado um membro influente no seio da comunidade romana, repentinamente mudou a sua atitude perante a restante comunidade. Estava sempre triste, deprimido, no entanto com um estranho brilho nos olhos. Parecia apaixonado, mas não correspondido.
Amadeus, centurião experiente de 22 anos, querido e amado pelo seus conterrâneos devido aos seus grandes feitos (ele ia com o restante batalhão e regressava. Fantástico!!!!), baixou de produção e, também ele parecia apaixonado, mas não correspondido.
Certo dia, no grandioso Coliseu (não o de Roma, o dos Recreios), Léxico tinha ido assistir a um espectáculo de Ballet russo e, sem que nada o fizesse esperar, encontrou Amadeus, para jubilo de ambos os romanos amantes de ballet. Diz-se que de Lisboa até Roma, nunca eles se calaram (refira-se que a viagem foi toda feita de burro).
Regressados a Roma, os dois amigos foram recebidos com aplausos e flores e tapete vermelho.
Felizes e concretizados seguiram cada um o seu caminho e casaram.
Amadeus não desiludiu Roma e casou com Hipólitus Grossus, centurião veterano. Os dois tiveram 6 filhos romanos genuínos, e 4 filhos bárbaros bastardos.
Já Léxico desiludiu toda uma comunidade e ideologia e casou com uma mulher: Mariana.

E assim, continuando sem saber porquê, apareceu o termo léxico, associado a todo um conjunto de palavras que compõem uma determinada língua, na altura o latim.


Nota do Editor: A parte da fábula, para quem não reparou, é o facto da viagem entre Lisboa e Roma ter sido feita de burrico, que teve de levar com as duas madalenas sempre a cacarejar. O burro teve internado num hospício, e passados 20 anos saiu, por bom comportamento. Mais tarde, foi considerado um louco saudável, e foi convidado para uma sequela de filmes de um mostrengo verde, com grande sucesso por todo o mundo do qual "Madeira Sagrada" esta neste momento a lançar o 4º filme.


NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Semanada


Sexo ao vivo, aulas de sedução e ginástica vaginal e, novidade: futebol sensual. Mais palavras para quê? Vejam as fotos do Salão Erótico de Lisboa aqui. (vidas.pt)



The Very Best of Prince Prince, o conhecido artista do mundo da música, vai fechar o Super Rock Super Bock.
Gostaríamos de perguntar ao Sr. Prince, que mal lhe fez o festival de música. Hã?? Que mal??? Tava aquilo a correr tão bem com as participações de Keane, Pet Shop Boys, Vampire Weekend, Julian Casablancas e Empire of the Sun, entre muitos outros, e vem este gajo, e fecha isto tudo!!!!




Um rapaz norte-americano foi detido pelas autoridades por tentar abrir carro com o pénis.
Parece que o jovem de 19 anos, foi apanhado a tocar na maçaneta da porta de um carro com o seu pénis.
Não conseguimos perceber o problema, já que o rapaz só queria auto-satisfazer-se no intervalo entre a maçaneta e a chapa, coisa perfeitamente normal num jovem que esteja no auge do seu desejo sexual.




Cristiano Ronaldo gozou de 5 dias de férias antes de integrar a comitiva da Selecção Nacional de Futebol.
Isto não é notícia nenhuma especial. A notícia é que ele passou esses 5 dias com uma "bomba" russa, e não foi detido pelas autoridades espanholas por suspeição de pertencer à ETA.






Um concorrente do programa "Achas que sabes danças?" diz que o verdadeiro sonho dele é ser um advogado bailarino. Nós, da redacção do Tertúlia, não acreditamos que ele consiga realizar esse sonho de gaeto, visto que dificilmente um juíz permitirá que ele apresente as declarações finais aos som de uma Salsa.




"O Zezinho paneleiro casou com o Manuel das Tricas; 
convidaram a família, os amigos e os maricas."
É desta forma que Quim Barreiro homenageia o recentemente aprovado casamento homossexual.
O cantor de música popular portuguesa afirma que é totalmente a favor da nova lei aprovada, e que apenas quis usar o tema para dar largas à sua criatividade. Se não vejemos pelo refrão:
"Primeiro Vaca Galo,
Ou Assado de Perú, 
E como sobremesa
Banana Pêssego"
Estamos contigo, Quim!!!!***





*** - Estar com o Quim, não é estar contra os homossexuais. Nós apoiamos o humor à portuguesa, mesma que vise a homossexualidade, metrossexualidade, heterossexualidade.


NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Os 150 anos de Manuel Teixeira Gomes

A 27 de Maio de 2010 comemora-se o 150º aniversário do nascimento de Manuel Teixeira Gomes, o nosso 7º Presidente da República Portuguesa. Nós, do Tertúlia Cor-de-Burro-a-Fugir decidimos homenagear este escritor portimonense de gema e, depois de muita investigação, descobrimos factos desconhecidos do comum dos mortais sobre esta célebre figura histórica.

Nascido em berço de ouro em pleno séc. XIX, 1860, em Portimão, ou Vila Nova de Portimão, como era conhecida na altura, e filho de um bem sucedido produtor de figos secos, Mané providenciou para que esta pacata vila nunca mais fosse a mesma.
Rapaz hábil e viril, cedo evidenciou dotes para a literatura. Mané devorava livros. Literalmente!! ele tinha um enorme fascínio pelo paladar a papel rançoso dos livros, especialmente os de capa dura. Mas Manuel Teixeira Gomes não era só um apaixonado pela escrita, er atambém um apaixonado por mulheres. Um verdadeiro sedutor nato.
Por toda a Praia da Rocha não havia bifa que lhe escapasse, não havia estrangeira que não resistisse aos seus encantos naturais. No entanto, havia quem lhe fizesse concorrência: o seu nome era Tozé Mamadinha. Esse detinha metade da praia, da zona do Molho à Bola de Nívea, sendo que o Mané detinha a concessão do restante da praia, mesmo para além do Miradouro. Se poisava "peixe" naquele areal, era com certeza "pescada" por um deles! De referir que esta situação não agradava a nenhum dos dois. Qualquer um deles queria a total exclusividade da área de "pesca".
E foi num tórrido dia de Agosto, que uma bela, alta, espadaúda, boa todos dias, sueca, se instalou no areal da Praia da Rocha, em Vila Nova de Portimão, mesmo em cima do meridiano que dividia as duas concessões. Ao se depararem com tal estonteante visão, os sedutores apressaram-se para reclamar a lindissima mulher. Talvez a coisa tivesse corrido melhor se a beldade nórdica tivesse uma amiga, mas não tinha, e então Tozé desafiou Mané para um duelo à moda dos sedutores de praia. Mané prontamente aceitou o desafio e corre para casa dos pais, dirige-se à garagem e, por entre o entulho de livros e cestas de vinha carregadas de figos secos lá existente, tira a sua arma de eleição: A sua bicicleta!
O encontro seria no dia seguinte ao Meio-dia, no início da Ponte Velha que, na altura, era Nova.
Mané, confiante e cheio de energia, chega mais cedo, e já a zona estava repleta de espectadores vindos de vários pontos do país, ansiosos por tão aclamado duelo. Atrasado 10 minutos chega Tozé com a sua pedaleira de competição. Os dois arqui-rivais trocam galhardetes (dos verdadeiros já que Mané era benfiquista ferrenho e Tozé era sportiguista lagartão), e montam-se nas suas "burras": Partida! Largada!! Fugida!!!!!!! E lá vão eles!! A despique pela Ponte fora, em direcção ao desconhecido! Enquanto não desapareciam aos olhares dos milhares de curiosos presentes para o despique, o seu desempenho parecia muito renhido.
E assim desaparecem no horizonte, deixando uma nuvem de ânsia e curiosidade por entre os mirones.
Passam 3 meses, e eis que chega o vencedor: Tozé! Na meta, meia-dúzia de resistentes sub-nutridos, esfomeados e desidratados esperavam impacientemente por este momento. Eles queria era sair dali para fora, independentemente do vencedor.
Quanto a Menuel Teixeira Gomes, esse, nunca mais foi visto. Descobrimos mais tarde, que se tinha instalado em Lisboa onde começou a escrever para o "Folha Nova", "Folha de Hoje", e "Primeiro de Janeiro". Assim se estreou na arte que o celebrizou. Mais tarde foi ensinar inglês de praia ao ex-Rei D. Manuel II, exilado na Inglaterra, e regressou a Portugal em 1923 para ser Presidente da República, até 1925, quando renuncia ao cargo por divergências com o Governo de Domingos Leite Pereira. Na verdade Manuel Teixeira Gomes venceu o Primeiro-Ministro ao Gamão, o que o deixou fulo com o portimonense.
A 17 de Dezembro de 1925 embarca para a Nigéria onde, mesmo remotamente, se associa a dois amigos, Artur Alma Arrã e Amélia Ró das Urtigas que, num momento de pura inspiração, criam uma parceria inclinada para a literatura artística. A Tertúlia Cor-de-Burro-a-Fugir!! A origem deste nome, Tertúlia é um acrónimo (palavra formada pelas letras ou sílabas iniciais de palavras sucessivas de uma locução, ou pela maioria destas partes - viva a wikipédia) dos nomes dos Tertúlianos originais: - TE (Teixeira); RTU (Artur); e LIA (Amélia). Já Cor-de-Burro-a-Fugir deriva do facto de muitas pessoas proferirem as seguintes palavras sobre Manuel Teixeira Gomes, quando montado na sua burra (bicicleta): - "Nem se lhe vê a cor!!" - de tão veloz que era. Assim surge esta vossa Tertúlia Cor-de-Burro-a-Fugir, que nós levamos até às vossas casa, locais de trabalho, praças, jardins e repartições públicas.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Convite e ideias soltas



Bem. Meus caros… confesso que não sei por onde começar.

Fui apanhado desprevenido há uns dias atrás e convidado para participar neste blog. Isto por causa de um comentário numa imagem acerca das calças no fundo do rabo… (está no meu perfil). E pensei… mas que confiança!! Por causa de um simples texto fui convidado para um blog divertido, satírico, real, que até polémica internacional levanta com uma senhora a comentar em russo, etc.
E fiquei stressado.
Sabem, quando nos apercebemos do peso da responsabilidade e queremos corresponder ao desafio e lembramo-nos de tanto para dizer, ideias em catadupa que depois não conseguimos fixar uma com jeito.
Parece que temos toda a gente a olhar para nós, a ver se somos o que esperam, se falhamos, etc. UI!!





Então decidi fazer um pequeno mapa mental. Excelente escolha quando temos algo para aprender, estudar, lembrar… mas não quando queremos serenar a mente e decidir sobre que escrever.
Lembrei-me de assuntos como:
  • · os sapatos vermelhos, marca Prada, do Papa quando este visitou Portugal;
  • · da mania de mostrar o umbigo (nas senhoras) mesmo que este esteja realçado por um pneu;
  • · a mania dos rapazes de colocar a t’shirt dentro do cinto, só na parte da frente para realçar a barriga plana ou o volume das calças (?)… algum equivalente às calças abaixo do rabo?;
  • · ao calor que se começa a sentir no Algarve e na mania de toda a gente andar logo de chinelo de enfiar no dedo sem ter arranjado os pés, mostrando o calcanhar preto;
  • · à falta de coragem de quem manda por realmente fazer reformas de jeito e parar de nos deixar com menos tostões no bolso (porque daqui a uns tempos já não dá para pagar a net e ter facebook e blog).
E mais uns quantos assuntos sem importância… ou com mais importância que aqueles. Que importa.
O que importa, isso sim, é que vou participar num blog a sério que até merece comentários em russo que decidi comentar aqui para os leitores mais desatentos.

"Цитадель Существования мои чувства в данный момент // kроткая mужик mарей cон смешного человека ужая жена и mуж под kроваaтью // swelahe xриста на ёлке // cкверный анекдот"".

Sabe, eu gosto de Fyodor Dostoevsky. Um escritor que gosto de ler, com romances fantásticos, mas não os conheço todos, nem as novelas a que faz referência. Julgo que algumas delas são satíricas... será por isso que as escolheu? Fiquei curioso em lê-las. Por isso, caso viva no Algarve e tenha algum volume em Português que me possa emprestar, ler-las-ei com todo o gosto.
Sabia que existe um blog em russo que se chama "Цитадель Существования", cidadela da existência (http://yennifar.blogspot.com/2010/05/blog-post_08.html)? Mas não me parece que estivesse a referir-se a ele.
Já agora, sei que algumas dessas expressões não correspondem totalmente às obras dele, sei que acha que somos "pessoas engraçadas", caso contrário não daria tanta importância. E já agora... aquilo que para si podem ser piadas de mau gosto (cкверный анекдот), não o são para todos. Obrigado por nos ler.


E já agora, um pequeno recado:
Мы не так глупы, но если Вы хотите оскорблять нас, то напишите это на португальском. если конечно Вы способны это сделать!!

Nós não somos estúpidos, se nos quer insultar faça-o em português, com referências portuguesas... Eça de Queiroz ou Camilo Castelo Branco, que são da mesma época. Isto se conseguir, claro! Já agora leu Coração, Cabeça e Estômago?





NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

quinta-feira, 20 de maio de 2010







NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

o meu cocktail

belo documentário para ver hoje e para meditarem no fim de semana.

Eu já sei como vou passar o meu

NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Pinhal de Leiria

No início do século XIII, Portugal era um país jovem, com baixa auto-estima, ataques de acne constantes, voz esganiçada, mas com uma enorme e irresponsável coragem e imaginação.
O Clero, força maior durante séculos, andava em guerra com os Reis portugueses desde nosso senhor D. Afonso Henriques, o pai nosso de todos os dias, tentando impor regras e obrigações de carácter absurdo ao nosso país. El Rei D. Afonso III, não fugiu à regra e, também esse, mesmo depois de conceder vários privilégios à Igreja, foi chateado, massacrado por bispos, arcebispos e até o Papa. No fim da sua vida, tinha 43 processos crime, levantados pelos clérigos contra sua pessoa. Entre essas queixas, destacamos a proibição da cobrança dos dízimos por parte da Igreja, a obrigação dos clérigos a trabalhar nas obras das muralhas das vilas, prisão e execução de clérigos sem autorização dos bispos e ainda, a nomeação de judeus para cargos de grande importância. A agravar ainda mais as coisas, este rei favoreceu monetariamente ordens religiosas mendicantes, como franciscanos e dominicanos. O grande conflito com o Clero também se deve ao facto do rei ter legislado no sentido de equilibrar o poder municipal em prejuízo do poder do Clero e da Nobreza.

O Rei era assim, um Rei do Povo, e era muito querido pelos portugueses por decisões como por exemplo a da abolição da anúduva (imposto do trabalho braçal gratuito, que obrigava as gentes a trabalhar na construção e reparação de castelos e palácios, muros, fossos e outras obras militares). Mas a decisão real que gerou mais discórdia foi a de distribuir transporte de Vai-Vem gratuitos pela cidade de Leiria, lar do Rei, e local das primeiras Cortes do reino de Portugal, levadas a cabo por Afonso III. O transporte era feito por burros, animal que a Igreja desejava manter ou a transportar suas excelências cristãs, ou a servir de transporte de cargas.
Contra o Clero e a Nobreza, D. Afonso III, manteve os Vai-Vem gratuitos para o Povo, essa classe social mais desfavorecida. Para diferenciar os burros Vai-Vem dos restantes burros pertencentes ao Clero, o Rei mandou tosquiar os bicharocos já no início da época quente, de modo a protegê-los das baixas temperaturas.
Não satisfeitos com a medida, grupos de fanáticos religiosos, organizaram, à socapa, uma operação de aniquilação dos burros tosquiados, mas El Rei era de uma genialidade sem igual, e já se tinha adiantado. Meses antes já tinha mandado plantar um enorme pinhal, o Pinhal de Leiria. Essa mata veio a servir de refúgio para os burros tosquiados, com o propósito de protegê-los dos assassinos de burros, sedentos de vingança pelo ignorar das regras por parte de Afonso III.
O seu filho, D. Dinis, depois de ser coroado Rei, continuou o trabalho do seu pai, e aumentou substancialmente esse mesmo pinhal. Os burros esses, passaram a servir todas as classes até há bem pouco tempo. Hoje, esse nobre e trabalhador animal, encontra-se protegido por estar à beira da extinção.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Semanada

Notícia de úlitma hora no Tertúlia:

Uma professora de Mirandela pousou nua para a revista Playboy. Parece que nem professores nem pais ficaram contentes com a atitude da docente que aparentemente é responsável pelas AEC (Actividades Extra Curriculares), no Agrupamento de Escolas de Torre de Dona Chama. O presidente da Câmara diz que vai tomar providências no prazo máximo de uma semana (bom seria se certos casos graves, como abuso de poder, má conduta profissional e incapacidade para o ensino fossem assim tão céleres).
Depois da revista se ter rapidamente esgotado em Mirandela, os pais dos alunos dessa escola ficaram chocados ao saber da notícia, e mais chocados ainda por saber que os seus filhos andavam a trocar fotos por telemóvel e fotocópias da dita edição da Playboy (como isto está que já ficam chocados por saber que os seus gaetos gostam de ver mulheres nuas, e das boas ainda por cima!! A vergonha!!!!!!




Isto não é uma história de Amor, mas podia ser. Não! É uma história de verdadeira e genuína amizade.
Certo dia de Maio de 2010, duas raparigas de duas gerações diferentes mas não muito, conheceram-se graças às novas tecnologias: a Internet, mais concretamente a blogosfera.
De insulto a insulto, de tacada a tacada, lá foram elas desenvolvendo uma invulgar empatia, tanto pelo poder de argumentação, como pela forma indirecta e redundante como o apresentavam.
O que é certo é que assim como nunca tinham aparecido na blogosfera em questão, repentinamente apareceram e voltaram a desaparecer. Até hoje!
Foram encontradas duas raparigas de mão dada a correr pelas pistas do aeroporto de Lisboa.
As notoriamente muito amigas apresentavam longas tranças douradas, jeans caqui rasgados no joelho e nádegas, e t-shirt rosa choque. Alguns do funcionários do aeroporto relatam que as duas jovens iam a saltar e a cantarolar, cada uma na sua língua de origem. Desapareceram juntas por entre a multidão que impacientemente esperava pelo seu voo.
Reza a história que foram avistadas por transeuntes, no topo do Cristo-Rei, ainda de mão dada e a rir, e no Oceanário a fazer caretas ao Peixe-Balão.
Eu tenho cá para mim que estas duas inseparáveis raparigas eram se não mais que a mesma e única pessoa, mas com identidades distintas.

Por: Joel Santinho




Diz por aí que o Alberto João Jardim anda a fazer bullying à imprensa regional da Madeira. É estranho, já que durante os três séculos e meio que está no poder desta região autónoma, sempre tratou da melhor forma os jornalistas e sempre passou despercebido, optando por uma política discreta e democrática.





O governo liderado por José Sócrates anunciou o aumento do IVA em 1 ponto percentual, e do IRS, para fazer face às dificuldades sentidas por...
...dirigentes políticos que andam de Jaguar em vez de Bugatti...
...primos, tios, avós, enteados, irmãos, pais, cães e gatos dos mesmos dirigentes, que comem em restaurantes 6 dias por semana em vez de 7...
...empresas públicas que são obrigadas a cessar funções só porque o Papa tá de visita a Portugal...
José Sócrates colocou ainda a hipótese de reduzir ou aniquilar por completo o subsídio de Natal, o que é fantástico, porque se assim não fosse não tinhamos o TGV, que tanta falta nos faz..


O Papa, (claro está, é o tema da semana...) anda a tomar as suas refeições em fina porcelana, pintada a ouro. Nós não sabemos se ele realmente a utilizou mas, que a vai levar para os seus aposentos no Vaticano, vai!

NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.
video

quinta-feira, 13 de maio de 2010

"Dia da Marcação Super Especial Fãs"

Ora aqui vai a minha sugestão:

Se tem companhia (Namorada ou alguém especial e tal) que tal ir jantar na sexta com ela/ele ao "Villa 45" em Alvor? ehm? É que esta semana eles tem ai uma promoção fixe de vinhos, se ela/ele não for já a pessoa com quem partilham os lençóis sempre a/o podem embebedar, e sai barato, tem ai o Voucher... (clica ai no link) VOUCHER

Sábado de manhã, se acordarem e se aperceberem que têm entre mãos um grave caso de "coyote ugly" entre mãos... Porque afinal na noite anterior quem aproveitou a promo do Villa 45 foste tu... saiam desculpando-se que têm o tradicional almoço de sábado com a famelga e tal... Chegas a casa tomas um "gurozan"... E ou ficas em casa a pensar quantos Vouchers gastas-te tu para teres ido para casa com "aquilo" com que acordas-te! Mas à noite, bem, sempre tens festas: Jewels Bar sempre a pensar na malta (JEWELS), ou no Caniço: (CANIÇO)



Bem a escolha é muita e variada, mas se é para ficar em casa com a tal Dama/Damo aconselho o filme "The Legend of 1900", é um filme grande e das duas uma, enquanto partilham uns copos de "Periquita" ele/ela aborrece-se que o filme é grande, e porque a garrafa de vinho já marchou e... Sexo que nem doidos. (Aproveitar que os preservativos foram oferecidos durante a visita do Papa.)





Domingo acordam tarde e em vez de verem os habituais filmes de Domingo na TVI, vejam este (que provavelmente também passara na TVI a um domingo, mais cedo ou mais tarde): "Ghosts of Girlfriends Past". É romanticozinho e tal, dá para rir uma beca, tem lá o grande Michael Douglas a fazer um papel de partir o côco, e a boa da Jennifer Garner. O cromo do protagonista, um tal de Matthew McConaughey, sempre pode dar umas dicas à maneira... (esta ultima parte é só prós gajos)
De resto, façam as vossas sugestões na nossa pagina no facebook, e nós tratamos de as publicar aqui no blog! (basta clicarem aí na caixa de Fãs no lado esquerdo ou aqui neste link: FaceBurro)

Bom fim de semana a todos.

Dario Martins

quarta-feira, 12 de maio de 2010

P.I.D.E. - Pedido Inadiável da Declaração do Encarnado

A P.I.D.E., pensávamos nós, era uma força policial de segurança (Polícia Internacional e de Defesa do Estado). Eram uns gajos maus como tudo, que se juntaram entre 1945 e 1969, e que supostamente, agiam na contenção da oposição ao Estado, nomeadamente da Ditadura vivida na altura. Nada mais errado. Toda esta informação era uma fachada para as verdadeiras funções deste bando de rufias.
Está certo que a PIDE gozou, maltratou, mutilou, estropiou, violou, matou, etc., etc., etc., mas tudo em nome de um bem maior.
Corria exactamente o ano de 1945, quando o Sport Lisboa e Benfica atancha 7 golos ao Sporting Clube de Portugal, num jogo para o Campeonato português. Avizinhava-se a vitória dos encarnados nesta competição.
António de Oliveira Salazar era, sem supresas para ninguém, um benfiquista ferrenho. Desde o início do seu mandato em 1932, como Primeiro-Ministro português, Salazar apenas viu o seu clube do coração vencer o Campeonato Nacional por 5 vezes, o que era, no seu entender, uma afronta ao Governo, sendo por isso, necessário tomar providências urgentes. Assim, no início do ano de 1945, surgiu o rumor de uma força policial encarregada de criar juízo nas mentes dos portugueses e, quem ousasse desafiar esta medida, sofria consequências graves.
A P.I.D.E. tinha como principal objectivo converter adeptos de outros clubes à onda benfiquista criada por Salazar, esse grande maluco. No processo, alguns políticos foram chacinados e violados. O que não se sabe é que estas vítimas da P.I.D.E. ou eram adeptos do Sporting CP, ou eram adeptos do FC Porto, ou eram adeptos do FC Belenenses, ou eram só muito feios!
A P.I.D.E. foi extinta em 1969 por ordem superior do Papa Paulo VI que, sendo italiano, nutria de um ódio sem igual pelas equipas de futebol portuguesas, especialmente o Benfica que na altura estava em alta, tanto nas competições nacionais, como nas internacionais.

PS: Quero dar os parabéns ao Portimonense pela subida à Liga Sagres. Há 10 anos que não víamos o clube algarvio na 1ª Liga.
Obviamente que queremos também dar os parabéns ao Benfica pela conquista do 32º Campeonato de futebol. E sem a ajuda da P.I.D.E.

NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Correio de Ódio


Já temos correio de Ódio!

Em resposta a Srª Claire Raksana Mahorgol.

Eu creio em Deus, aliás, Deus faz e sempre fez parte de mim.
Não acredito é na religião hipócrita do Clero em geral: muçulmano, católico, judeu, ou seja ela qual for!
Se este senhor (o jornalista), pode parodiar as pessoas que acreditam na vida, é só mais do que natural eu ter também o direito de parodiar o que ele acredita! Certo? Aliás, não ofendi a Fé de ninguém, simplesmente fiz uma paródia sobre os Padres, não sobre a Fé de um ou outro individuo!

Em relação a Originalidade do meu trabalho, bem, é da minha completa e total irresponsabilidade, nasceu no meu cérebro para depois ser vomitado pelos meus dedos no teclado, a citação que usei, está correctamente assinalada: fonte de origem e autor, logo não é plágio, simplesmente fiz o que me é por direito como cidadão livre de corpo e mente: teci uma opinião.

Sei que não agrada a muitos, mas uma opinião é só mesmo uma opinião. Por muitas razões, eu distancie esta minha critica dos demais meus colega Tertúlianos, eu falo por mim próprio, e não sou fundamentalista ao ponto de crer que todos deviam pensar como eu!

Os nomes que talvez me tenhas chamado em russo (que é o que suponho que tenhas feito, chamado nomes) só demonstra que tens falta de carácter. lol Ao menos chama-me nomes que eu compreenda! E não, não iria compreender mesmo que fosse bielorrusso, eu sou Português e não sei mais do que escrever, e mal, Português!

Não te irei pedir desculpa porque o teu comentário, feito em língua incompreensível para a minha pessoa, leva-me a crer que é ofensivo, e a maior ofensa que te poderei retribuir é: achei-o por demais divertido!


Link do post ao qual estou a responder: "Os parvos do costume"



NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

"Os parvos do costume" - Correio da Manhã

Esta noticia estava hoje no correio da manhã, na ultima página no canto superior direito.


"Os parvos do costume"

"O Papa Bento XVI chega amanhã a Portugal e um bando de meninas e meninos prepara-se para distribuir 28 mil preservativos à entrada das missas no Terreiro do Paço, em Lisboa, e na Avenida dos Aliados, no Porto.








É evidente que o referido bando excluiu Fátima por motivos mais do que óbvios. A caridade cristã e a inteligência aconselham que ninguém responda a estas miseráveis provocações. Mas como o povo católico que vai estar no Santuário no dia 13 é muito mais genuíno nas suas manifestações de Fé e de revolta, percebe-se que o tal bando de inúteis tenha eliminado Fátima do seu roteiro folclórico. É que Deus, na sua infinita misericórdia, de certo perdoaria algumas ‘arrochadas’ bem dadas nos parvos do costume. Só se perdiam as que caíssem no chão."

Por: António Ribeiro Ferreira, Jornalista

Ok, isto é a minha opinião pessoal e não reflecte de forma nenhuma a dos meus colegas Tertúlianos.

E não estará este grupo de pessoas a fazer um favor a igreja católica? Tendo o Papa condenado o uso do preservativo, deve ser dificil para um padre arranjar alguns (preservativos), assim sempre têm ali de graça. Com tanto sexo que tem sido praticado por alguns sacerdotes... Quer-me a mim parecer que a "Control" ou a "Durex" têm ali um novo nicho de mercado... Maquinas de venda de preservativos disfarçadas de "Maquinas de Venda de Bíblias".

Por: Dario Martins, Agnóstico


NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

Mazorral

"Mazorral" nasceu no continente Africano, mais precisamente Angola, de quando da visita papal de "Joseph Alois Ratzinger", AKA: Papa Bento XVI (em latim Benedictus PP. XVI, em italiano Benedetto XVI).

21 de Março de 2009, 16:30, o Santo Padre discursava para uma multidão de jovens angolanos no Estádio dos Coqueiros, entre eles, uma casal recém casado, Maria Beneditina Alvalade de Assunção Trindade Costa de Jesus Maria José e Marco Coisinha, estava de esperanças, e aguardavam que Maria desse à luz muito em breve, tão mas tão em breve que Maria entrou em trabalho de parto naquele preciso momento.

Sua Santidade discursava ardentemente sobre como o preservativo não era a solução, mas sim, cruzar as pernas isso sim, era a solução, quando Maria solta um estridente grito, grito este que não chegou aos ouvidos do Sumo-Sacerdote que prosseguiu!

(Maria) - Aaaaaaiiiiiiiiiiii!!!!! Marco, é agora...
(Marco) - Ué? É agora o quê mulhê? Você ti acalma, o Papa tá falando!
(Maria) - É, tá falando, má eu vou dá à Luz!!!!!
Perto deles, um senhor de seu nome António Francisco Frederico Jacinto Antunes Matias Felisberto da Costa e Silva Conceição Nunes de Duarte, muito incomodado como o barulho que o jovem casal fazia exclamou:

(António) - Tenham respeito, mais'óral qui ó Papa não é educado!

Maria e Marco gostaram da palavra que julgaram ter ouvido: Mazorral, e assim baptizaram o bonito rapaz que nasceu nesse mesmo dia, bonito e bem de saúde!

E assim nasceu Mazorral.

Mazorral - adjectivo que significa grosseiro; incivil.

(Marco, pai de Mazorral sonha que um dia ele cresça e se torne jogador do Benfica.)



NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Semanada



Anamara, uma jovem ex-polícia brasileira, que participou no Big Brother Brasileiro, despiu-se para a Playboy, e diz ter-se excitado ao ponto de quase atingir o orgasmo em plena sessão fotográfica. A jeitosa também diz que, na cama, gosta de dar e levar, já que gosta de dominar e ser dominada.
A nossa questão é: Para quando polícias destas nas Brigadas de Trânsito portuguesas???? Quando??? Heim???




Fernanda Miranda, 23 aninhos, namorada de Pinto da Costa, 72 aninhos, utiliza o Facebook para declarações de amor ao presidente Fê Qê Pê

Nós, no Tertúlia achamos que era melhor usar sinais de fumo. Só um sentido conselho para que o sr. Jorge Nuno Pinto da Costa tenha acesso à declaração, visto que o Facebook , pensamos nós, é moderno demais para ele.



A polícia de Belleview, Florida, Estados Unidos da América, mandou encostar um condutor supeito de conduzir alcoolizado. Todas as suspeitas passaram a certezas quando o senhor, antes de soprar o balão, pediu um segundo para... dar mais um gole na garrafa de bebida que o acompanhava!!
O Tertúlia nada tem a acrescentar a esta notícia.




A revista GQ lançou, para Maio, uma edição da revista com 40 páginas em 3D. Na capa: Sofia Ribeiro. A vida de quem comprar esta edição da revista nunca mais vai ser a mesma. É que ver uma mulher destas com tanto Photoshop em três dimensões, não é todos os dias..



NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

A Revolta das Amélias

No virar do século XIX para o século XX, estava Portugal mergulhado numa Monarquia com os dias contados. Pode-se pensar que isto se devia ao facto de em 1876 ter surgido uma seita que se intitulava de Partido Republicano, mas não! Estes senhores sedentos de poder e insatisfeitos com a governação do país por parte do Rei D. Manuel II, 36º Rei de Portugal, nada tiveram a ver com o que se seguiria. As verdadeiras razões seriam outras.
De facto, já desde o século XVII que os homens haviam começado a usar como indumentária adereços como collants, folhos, perucas e maquilhagem, mas nada comparado com o que estava a surgir. Mesmo dentro da Casa Real se começava a notar vestígios desta nova classe, que na altura até nem tinha classificação.
O Palácio das Necessidades, lar oficial do Rei D. Manuel II, último Rei de Portugal, tinha um cozinheiro de nome Fabrício, um mordomo de nome Marcelo, um jardineiro que se chamava Juan, e um limpa-chaminés a quem chamavam de Cindy.
Estes quatro da vida airada pertenciam, quase que secretamente, a esta nova classe sem nome. O desagrado pelas fardas de trabalho levou-os a tomar uma atitude: a revolta contra a entidade patronal, que era nada mais, nada menos que o Rei de Portugal e dos Algarves.
Reivindicavam eles que bata e chapéus brancos, fato e gravata, fato-macaco e botas, e arnês e espanador, eram desvirtuantes para a verdadeira essência do seu ser. Para eles, confortável, confortável era lycra bem colada ao corpo em forma de maiô.
Porquê? Porque eram praticantes de ginástica rítmica. Isso, o Rei até permitia. Mas usar maiô no exercício das funções já era esticar a corda em demasia.
E assim foi! Os quarto revoltaram-se, tomaram o Palácio e expulsaram o Rei que se exilou nos arredores de Londres, na Inglaterra.

Manuel Maria Filipe Carlos Amélio Luís Miguel Rafael Gabriel Gonzaga Xavier Francisco de Assis Eugénio de Saxe-Coburgo-Bragança e Orleães, nome completo de D. Manuel II, e como se já não bastasse ter este nome, e do trauma de quando a mãe o chamava para o pequeno-almoço, quando acabava de dizer o nome dele já era de noite, ficou de tal forma traumatizado com estes acontecimentos que teimou em aprender inglês à força, pedindo ajuda ao seu grande amigo, Manuel Teixeira Gomes, para lhe ensinar a língua, mesmo que fosse a versão de praia. Aprendeu e tornou-se cantor pimba, celebrizando temas como: “Wake me up before you Go-Go”, “Candle in the Wind”, "Livin' La Vida Loca", e "Monsieur José".

terça-feira, 4 de maio de 2010

Desporto para homens

Em Portugal, é muito recente a prática de ginástica rítmica por entre os homens, mas aqui no estrangêro já é muito comum esse desporto tão feminino.
Num passeio ao gimnodesportivo aqui da minha rua, descobri que afinal os homens também estão dotados de uma elasticidade notável, uma elegância de invejar e uma excelente sincronia de movimentos, características estas, geralmente só encontradas em espécimens do género feminino.
Qual não foi o meu espanto quando, no meio de gritos e grunhidos em estrangêro, ouço algo parecido com: “Mexe-me esse cu, caralho!!!!” Fiquei estupefacto! Aquilo era a minha língua materna (e paterna também)! Sentia-me verdadeiramente em casa! Fui ver de onde vinha aquela música para os meus ouvidos, pelo que continuou: “Abre mais as pernas!!! Foda-se!!!! levanta mais os braços!! Não deixes cair a fita, caralho!!!”
Depois de 15 minutos de intensiva procura, e de ter percorrido aproximadamente uns 5 kms (sim porque os gimnodesportivos aqui no estrangêro são grandes como tudo), lá encontrei a origem daquela linda melodia. Era um homem não muito alto, mas também não muito baixo, careca, mas não muito, de bigode, uma barriga de certo modo saliente, e peludo, pelo menos no umbigo, já que a t-shirt que ostentava era curta demais para a sua pessoa, e revelava, para minha infelicidade, o seu peludo umbigo. Mais pasmado fiquei ao constatar que essa personagem era professor de ginástica rítmica. Para homens!!!! Indignado, fui falar com ele:
“Boa tarde, Sr. É português, presumo?”, disse. - “Sou sim!!! FODA-SE!! APANHA-ME A PUTA DA FITA E FAZ TUDO DO PRINCIPIO!!! Montinho de merda, nem saltar sabe, caralho. MARICAS!!!!!! Peço desculpa, como disse?” - Expliquei-lhe que era do Tertúlia e o que nós fazíamos, e ele acedeu em nos dar uma entrevista, que correu assim:

Tertúlia Cor-de-Burro-a-Fugir: Boa tarde. O Sr. Adalberto Comichoso tem 56 anos e está ligado à ginástica rítmica há 15 anos. Como começou neste desporto?

Adalberto Comichoso: Pois eu antes de enveredar por estes caminho, era calceteiro em Mértola, mas o negóiço tava mal e resolvi emigrar.

TCBF: Pois, mas como começou?

AC: Então?? Aquela merda de andar à martelada com calhaus já não tava a dar nada. Hoje em dia é tudo cimento e alcatrão. NÃO ME DEIXES CAIR A REDONDELA, CABRÃO!!!! Depois vim para aqui para o estrangêro.

TCBF: Pois, já sabemos. Mas como descobriu a ginástica como dom?

AC: Qual dom, qual carapuça? Eu não percebo nada desta merda, mas eles, como não me percebem porque eu falo estrangêro para eles, não sabem. Agora não lhes vá dizer!!

TCBF: Mas como é que começou na ginástica rítmica, porra?!?!?!?!?

AC: Ahhhh bem!!!! Isso? Pois quando vim para cá, calceteiro também não dava, soldadinho de chumbo também não porque por vezes dá-me umas comichões no rego que nem imagina. E aqueles gajos quase que nem respiram, com sabe. Então, certo dia, ouvi umas bolas e pensei: “futebol!!!” - fiquei todo contente, mas entrei aqui e vi uns mariquinhas aos pulos, a brincar com fitas e daquelas redondelas grandes à cintura, e também bolas, mas bolas de borracha que eles jogavam ao ar e apanhavam. E como de bolas percebo eu, que joguei 20 anos na equipa de futebol de salão do Mértola FC, já há 56 que vejo futebol, e há 46 que bebo cerveja, vi que os panascas tavam a fazer tudo mal. LEVANTA-TE JÁ!!! E NÃO QUERO CHOROS NA MINHA AULA!!! MARIQUINHAS!!!! Comecei aos gritos com eles, a dar-lhes instruções, e fui contratado.

TCBF: E safa-se bem a falar estrangêro?

AC: Eu cá na falo estrangêro!! Mas vou-me entendendo com eles na mesma. Ó PANISGA DE MERDA!!!! FECHA AS PERNAS ANTES DE CAIRES NO CHÃO!!!!!

TCBF: E o que acha de homens a usar maiô?

AC: Acho muito bem! Se assim não fosse, não tinham a aerodinâmica necessária para a prática do desporto!

TCBF: Hã?????

AC: Tava mancando consigo!!! hahahahahaa!! Acho uma paneleirisse de primeira!! Mas são eles que os usam, não sou eu!!!

TCBF: Sr. Adalberto. Muito obrigado pelo tempo dispensado e... AC: AHHHH MERDA!!! MAIS LOGO VOU AÍ, E VOU-TE AOS CORNOS!!!! JÁ TE DISSE QUE SÃO DUAS VOLTAS E NÃO TRÊS. ENCHE AÍ 150, PARA APRENDERES!!!!!!

Bem, isto foi a reportagem possível. Para uma próxima vou afastar-me o mais possível deste gimnodesportivo. Para a semana que vem, pode ser que vá à procura de benfiquistas, quem sabe.