quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Chamam-lhes loucos



Chamam-lhes loucos,
aqueles que escrevem,
aqueles que amam,
aqueles que se atrevem,

Chamam-lhes loucos;
Por falarem o que sentem;
por dizerem a verdade;
porque nem sempre eles mentem;
Só falam de sua vontade;
Chamam-lhes loucos;
Porque têm vergonha;
de dizerem o que lhes vai na alma;
E não são poucos os loucos;
Aqueles que abrem o coração;
Aqueles que não têm medo;
Pena não terem descoberto mais cedo;
Essa loucura que os ilumina;
Pra escreverem o que nos fascina;
Porque os loucos vão morrendo;
Ficam os outros que vão sofrendo;
Por não terem a coragem;
De dizer aquilo que sente;
E quase sempre eles mentem;
Por não serem loucos como a gente.



NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade.Todas as imagens neste blog são descaradamente roubadas aos seus legítimos proprietários, desculpem lá qualquer coisinha!

3 comentários:

  1. Chama-me louca porque nem sempre digo o que sinto mas neste caso digo que está bonito! :D

    ResponderEliminar
  2. Eu tambem não, mas as vezes escrevo... xD

    ResponderEliminar
  3. eu não sou nada louco, por nem me atrevo :P

    ResponderEliminar

A opinião veiculada nos comentários é a dos seus autores e não do Tertúlia Cor-de-Burro-a-Fugir.
Será responsabilizado o autor de qualquer comentário susceptível de lezar o bom nome, a honra ou a imagem de pessoas ou instituições, bem como o autor de qualquer comentário injurioso, ofensivo ou contrário às leis portuguesas... (Por outras palavras, vamos ter o direito de vos chamar nomes também!)
Qualquer comentário pode, a qualquer momento, ser rejeitado ou retirado pelo Tertúlia Cor-de-Burro-a-Fugir, sem necessidade de justificação... E mais nada!