sábado, 18 de dezembro de 2010

Semanada (sem.50)

Os tempos estão difíceis e atinge tudo e todos. Na Alemanha todas as profissionais do sexo registadas vão ser obrigadas a pagar uma tarifa de 6 euros por dia de trabalho. Esta é uma medida do governo do país no combate à crise e pretende deste modo conseguir 750 mil euros por ano. Noutros países, onde a prostituição é legalizada e as meninas pagam IRS, também foram tomadas mesmas medidas. Como em Portugal o mesmo não se verifica, acho que seria justo cobrar uma tarifa idêntica a todos membros do governo já que são todos uns filhos da p***.




Talvez seja por isso que a criminalidade se comece a revelar cada vez mais cedo. Falamos do caso de um menino de 4 anos que roubou 294 euros numa ourivesaria no México. A mãe do menino entrou na loja com o carrinho de bebé na qual ele ia sentado e ia conversando com as funcionárias enquanto o menino metia ia arremessando tudo o quanto podia. As funcionárias só deram pelo acontecido 20 minutos depois quando o dono viu o vídeo de vigilância e achou estranho o rapaz andar de um lado para o outro. Nem a mãe nem a criança foram ainda capturados. É caso para dizer: “De pequenino é que se torce o pepino”.





E falando em furtos. O Parlamento Ucraniano viu-se envolvido numa valente sessão de pancadaria na última terça-feira à noite, quando foi decidido a investigação a um antigo primeiro-ministro e a actual líder da oposição por supostamente terem desviado fundos. Pontapés, murros e cadeiras a voar, tudo foi permitido num salve-se quem puder, acabando por ficarem 5 deputados feridos. Depois admiram-se se serem chamados de ‘animais’.
video
Este vídeo mostra a batalha!






Já que estamos na ‘república das bananas’, uma investigação da Universidade de Aveiro defende que os reclusos portugueses deveriam ter acesso à internet de “forma controlada e vigiada”, afirmando que assim os mesmos teriam um “maior sentimento de bem-estar e reforço da auto-estima”. Olha, mas que porra, se querem bem-estar não vão presos, já basta o dinheiro dos contribuintes para os sustentar quando eles é que fizeram merda, quanto mais dar-lhes mais comodidade para terem mais auto-estima.






Mas o que uns não podem, podem os outros. Lillian Lowe, também conhecida por avozinha do Facebook, é uma verdadeira perita nas novas tecnologias. A britânica, que celebra 104 anos daqui a dois meses, deverá ser a mais velha utilizadora do Facebook que actualiza a partir do seu iPad... E mais nada. Qual a razão, saber o que os seus catraios andam a tramar, ou não tivesse sete netos e 13 bisnetos!








E acabando na criançada, o cantor Justin Bieber deixou o seguinte twitter: “Continuo a pensar em alguma coisa inteligente para dizer…Hmmmmm…algo inteligente…hmmmmm…Em relação a isso…não arranjo nada”. Meu ‘piqueno’ sem mais palavras acho que isso foi a coisa mais inteligente que disseste até hoje!




NOTA: Todo o conteúdo deste blog é baseado em factos reais sendo que se torna muito difícil distinguir a ficção da realidade. Todas as imagens neste blog são descaradamente roubadas aos seus legítimos proprietários, desculpem lá qualquer coisinha!

4 comentários:

  1. eheheheh em Portugal tb deveria haver pancadaria no parlamento, sempre teria mais piada as notícias que de lá saiem!

    ResponderEliminar
  2. isso é que era, mas tinha de haver mortos, muitos mortos! lool

    ResponderEliminar

A opinião veiculada nos comentários é a dos seus autores e não do Tertúlia Cor-de-Burro-a-Fugir.
Será responsabilizado o autor de qualquer comentário susceptível de lezar o bom nome, a honra ou a imagem de pessoas ou instituições, bem como o autor de qualquer comentário injurioso, ofensivo ou contrário às leis portuguesas... (Por outras palavras, vamos ter o direito de vos chamar nomes também!)
Qualquer comentário pode, a qualquer momento, ser rejeitado ou retirado pelo Tertúlia Cor-de-Burro-a-Fugir, sem necessidade de justificação... E mais nada!